TANCHAGEM

Poderosa bactericida e cicatrizante....verdade ou mito?

Tanchagem é uma das ervas mais usadas na Índia. Existem mais de 200 espécies espalhadas pelo mundo. É uma das nove plantas sagradas da antiga Lacnunga Saxônica, onde era chamada de "weybroed". As propriedades curativas já foram mencionadas por Shakespeare e Chaucer.


Erva muito comum, cresce como erva daninha no inverno. Usa-se folhas e raiz. Tem ação antiinflamatória, antibiótica, cicatrizante e bactericida. É um dos mais poderosos antibióticos naturais, que pode ser usado sem contra-indicações.

Propriedades medicinais: adstringente, analgésica, antidiarréica (folha), anti-hemorrágica, antimicrobiana, antipirética (febre), anti-reumática, antiulcerogênica, béquica (tosse) ,anti-hemorroidária, antitabagismo, depurativa, descongestionante, digestiva, diurética, emenagoga (que restabelece o fluxo menstrual), emoliente , expectorante, hemostática, laxativa leve (sementes), oftálmica, resolutiva (que faz cessar uma inflamação), sedativa, tônica, vulnerária (que faz curar feridas e chagas).

Indicações: acne, ácido úrico, aftas, afecções hepáticas, amigdalite, anemia, angina, apendicite crônica, azia, bronquite, câncer, catarros pulmonares, cistite, cólica infantil, conjuntivite, cravos, debilidade, diarréia, disenteria, distúrbios renais, disúria (expulsão dolorosa da urina), edema necrótico, enxaquecas, epistaxe (derramamento de sangue pelas fossas nasais), espinhas, estomatite, faringite, febres intestinais, flebite, feridas, fissura no bico dos seios, furunculoses, gastrite, gengivas fracas, gengivite, gota, hemoptise (sangue expelido pela boca), hemorragias, icterícia, impurezas na pele, irritações nos olhos, inflamações (bucofaringeanas, dérmicas, gastrintestinais e das vias respiratórias), irritação na pele pós-sol, infecções, laringite, litíase urinária, nefrite, obstipação, parotidite, paludismo, picadas de insetos, prostatite, psoríase, queimaduras, resfriado, sinusite, terçol, tosses, traqueobronquite, tumores, úlcera gástrica, úlceras intestinais, uretrite crônicas, varizes. Parte Utilizada: Folhas, raízes e sementes

Uso Culinário: Usa-se a tanchagem sob forma de bolinhos e em refogados, feitos como os de couve, e que acompanham carnes em geral; pode entrar também no recheio de omeletes, fritadas, pastéis e rocamboles. Para isso utilizam-se as folhas mais novas, mais tenras, retirando-se o fio central das mesmas mais vigoroso.Bolinho de tanchagem: 1/2 maço da erva, 2 ovos, 3 col de sopa de farinha, água ou cerveja o suficiente para amolecer a massa, sal, óleo para a fritura. Cortar a tanchagem bem fina e junte os ovos, previamente batidos com a farinha, adicionando a água ou cerveja e o sal. Em seguida, frite em óleo bem quente.

Uso Cosmético: Aplicada diretamente sobre a acne e outros males de pele, as folhas de tanchagem, bem lavadas, e socadas como emplastro, aliviam a dor, combatem a inflamação e ajudam a cicatrizar. Tem ação tonificante sobre a pele.


Curiosidade:


A Pomada do lavrador Sr. Dario de Belo Horizonte:

O Sr. Dario, 79 anos, sofrendo com uma micosa na perna durante dois anos. Não curava de jeito nenhum, conta. Remédio de farmácia, benzedeiras, nada resolvia. Até que, um dia de muita dor, voltava para casa quando uma coisa estranha aconteceu. Ele conta que parece ter tido uma visão: "Quando eu virei para descer para minha casa, passou tudo pela minha testa: o que eu fisesse curaria minha perna". E o santo remédio estava muito perto, em canteiros, de onde ele tirou a receita que considera divina. "A pomada tem tanchagem, alcanfor e assa peixe". Feliz da vida, saiu receitando a pomada para a vizinhança. Mesmo assim, levou sua invenção para os pequisadores conhecerem. Ele havia desenvolvido uma fórmula que não podia ser comercializada da maneira que preparou, diz a doutora em ciência Tania Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa(UFV). Seu Dario procurou o lugar certo. A pomada está sendo analisada pela equipe de Tania. O remédio já está sendo testado em humanos, e os resultados não deixam dúvidas: A pomada de Seu Dario é cicatrizante, bactericida e mata os fungos. Será patenteada em breve.


0 comentários: