SAÚDE DOS BEBÊS!!!

Esse post é uma homenagem à uma grande amiga que acaba de ter uma linda meninha..... Para a Rosinha da Jane....lá vai


Apesar de voce não mãe de primeira viagem, ainda assim vale mais falar em excesso do que nunca falar....

Se seu filho viesse com manual, uma das orientações do primeiro capítulo seria: oferecer exclusivamente leite materno até os 6 meses. Já na lição completa para os 12 meses iniciais, os cuidados com a introdução de outros itens na dieta seriam sublinhados. Isso porque acertar a alimentação nesse período garante, além de vigor, mais qualidade à respiração e para o resto da vida.. É o que revela um estudo finalista IV Prêmio SAÚDE!, conduzido em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, por três universidades gaúchas em parceria com o Ministério da Saúde.
Durante um ano, 500 mães de recém-nascidos aprenderam a montar um menu adequado a cada fase do desenvolvimento infantil. Assim, foi possível reduzir em 41% a incidência de congestão nasal, coriza, tosse e dificuldade de respiração na criançada.
A equipe atribui esse resultado, em primeiro lugar, à amamentação. "O leite materno contém substâncias que regulam o sistema imunológico", ressalta a pediatra e aglergista Renata Cocco, da Universidade Federal de São Paulo. É como se ensinasse as células de defesa como funcionar direito. Portanto, quanto maior o período de aleitamento, menor é o risco de problemas respiratórios no início da infância. "E isso, por sua vez, está relacionado com menos asma e bronquite na idade escolar e na vida adulta", lembra uma das autoras do projeto.

O ideal é equilibrar porções de carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e fibras, amassando os alimentos com garfo, para preservar sua textura e estimular a mastigação.
Um dos principais desafios começa por volta do oitavo mês, quando a criança já é capaz de pedir alimentos por meio de gestos e segurá-los com as mãos. Com a falsa impressão de que a curiosidade do filho é vontade de experimentar a comida, alguns pais oferecem doces e frituras nessa idade. ERRADO. Esses sabores ficam registrados no cérebro infantil e, aí, surge a resistência aos itens mais saudáveis.
O excesso de bebidas açucaradas, salgadinhos e itens do gênero costumam custar quilos a mais na meninada....aliás, outro fator que os médicos relacionam à asma. Lembre-se de que os alimentos naturais são sempre a melhor opção para a saúde como um todo e ainda mais especificamente para os pulmões.
A formação do paladar se estende aproximadamente até os 3 anos. Até lá, uma rotina alimentar disciplinada, de preferência com seis refeições diárias, é fundamental para fortalecer também as defesas do organismo.

Aposte nas mais diversas cores: quanto mais colorida, mais variada é a alimentação. Seja persistente: cada alimento deve ser apresentado entre oito e dez vezes, em dias alternados e preparado de formas diferentes. Evite dar café, doces e frituras, especialmente nos primeiros anos, e maneire no sal.

Jane, desejo à voce, ao João e a Rosinha toda felicidade do mundo...

1 comentários:

Thais disse...

ô, meu deus do ceu! que coisa mais linda!

Parabéns, Jane!

E o post também ficou ótimo, mamãe! :)