ESPINHEIRA SANTA

Escolhi esta planta para comentar hoje por conta de uma conversa com uma amiga muito querida, a Denise, que está com problema de gastrite e refluxo, e conhecendo há muito os efeitos curativos dessa planta não sei como não pensei nela antes, afinal tantas pessoas sofrem com esse problema não é mesmo......então em tempo....

A Espinheira Santa é muito utilizada para fazer chá e tomar para tratar a Azia ou a esofagite de refluxo que é aquela queimação no estômago que volta na boca.

Originária do Brasil, é um arbusto de grande porte, 2 a 3 metros de altura, cresce espontaneamente desde Minas Gerais até ao Rio Grande do Sul, sendo também cultivada, apesar de seu lento crescimento.

As primeiras pesquisas científicas foram realizadas por volta de 1922, pelo Dr. Aluizio França, da Faculdade de Medicina do Paraná, porém, no começo do século, os índios já a usavam para tratamento de tumores, e a planta já era conhecida empiricamente por suas propriedades curativas, principalmente nos males do sistema digestivo, apesar de ser utilizada também para problemas de afecções hepáticas, renais e afecções de pele de origem intestinal.

A UFMG vem pesquisando também a ação antiulcerogênica das folhas de espinheira-santa.


Indicações:- prevenção e tratamento de gastrite, úlcera gástrica e duodenal, esofagite de refluxo, hérnia de hiato, distensão abdominal (fermentações), má digestão e acidez. É usado como antiinflamatório e protetor da mucosa gástrica.

Contra-indicações:- não deve ser usada por mulheres que estejam amamentando, pois, pode diminuir a secreção de leite; não deve ser utilizado nos três primeiros meses de gestação, pois provocar contrações uterinas.
Formas de preparação:- chá, por infusão, com uma colher de chá da erva, para cada xícara de água. Os resultados são melhores quando usamos o chá morno, pela manhã, em jejum, e a noite ao deitar.

Observações:
São vendidas várias plantas parecidas com a espinheira-santa, pertencentes ao mesmo gênero, mas não à mesma espécie.

Pesquisas têm demonstrado que o chá de Espinheira-Santa pode apresentar resultados tão eficientes quanto os dois principais líderes do mercado de drogas anti-úlcera. A indicação popular do chá feito das folhas da Espinheira Santa foi comprovada cientificamente por vários pesquisadores (Carlini & Bráz, 1988; Faleiros et al., 1992; Ferreira et al., 1996; e Carvalho et al., 1997).

8 comentários:

Thais disse...

É... Espinheira Santa é legal... pelo menos o chá não tem gosto tão ruim como o de carqueja... ECA!

vida e natureza disse...

é e também pode ser usado o extrato, que estou preparando essa semana, depois te mando um pouco....

Wolf disse...

Olá!
Tenho problemas estomacais e gostei muito de sua matéria sobre a Espinheira Santa.
Muito bem explicado.
Só que não sei como vou conseguir essa planta.
Moro em Domingos Martins - ES, e não conheço essa planta.
Você vende o extrato?
Se vende, mandaria pelos Correios?
Se puder me responder, agradeceria se me enviasse a resposta para o meu email.
wandersonmattei@gmail.com
Aguardo sua resposta.
Um grande abraço

Luis Bini disse...

Tenho Hernia de Hiato e Refluxo. Comecei a tomar o Chá de Espinheira Santa, mas o proprio chá me da azia. Devo continuar?

Luis Bini disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
vida e natureza disse...

Bom Dia Luis

Bem voce poderia usar junto com a espinheira santa outra planta para ajudar com a azia...essa azia é causada pela hernia, então eu sugiro a guaçatonga, louro, abacateiro preto. Misture as folhas secas dos dois chás na proporção de 3 partes de espinheira para 1 da outra que voce escolher. Procure consumir alimentos como alface, batata, caqui, maçã, mamão, melão, certamente vão aliviar o problema.

Sara disse...

Boa tarde meus anjos, tive gastrite crônica erosiva plana hemorrágica, me curei, mais a médica me avisou que eu não deveria ter stress, hoje trabalho num ambiente de muito stress e estou sentindo dor novamente depois de 7 anos...gostaria de saber se posso tomar o chá,para que não venha ficar com o mesmo problema de antes. Só eu sei como foi longo o tratamento e caro também. Onde encontro a planta? ela vendida seca também resolve? vocês vendem? entregam? Obrigada desde já. Sarita.

Unknown disse...

Drogarias Pacheco