MENTRUZ

Nome Científico: Coronopus didymus

O mentruz tem alta concentração de iodo e o seu gosto é muito parecido com o agrião, é utilizado já há muito tempo por curar ematomas, inchaços musculares e algumas feridas, inclusive infecções na garganta e órgãos internos. Tem-se informação de seu uso até mesmo para tratamento de úlceras gastro-intestinais. O seu principal componente ativo é o iodo, mas esta plantinha tem outros componentes ativos muito importantes e pouco estudados, pois apenas a ingestão do iodo não proporciona o resultado que ela apresenta. Pode ser macerado com sal ou em óleo vegetal pré aquecido para ser aplicado sobre hematomas, nervos que sofreram torção. Batido com leite é muito utilizado para tratamento de infecções da garganta, faringe ou estomacais.
Também é utilizado no preparo de um fortificante que utiliza um litro de vinho do porto, uma gema de ovo de pata e um maço de mentruz, depois de batido no liquidificador e coado deve ser colocado na geladeira. Toma-se uma colher de sopa antes das refeições.
Também tem o seu princípio ativo muito utilizado como inseticida, por isso o cheiro ser parecido com alguns inseticidas não é mera coincidência.


RECEITINHA INTERESSANTE PARA DIAS FRIOS.....


Sopa de fubá com mentruz
30 g de bacon, se quiser;
2 dentes de alho picados;
1 colher (sopa) de azeite;
1 litro de caldo de galinha caseiro;
1/2 xícara de sêmola de milho misturada com 1 xícara de água (fubá comum também serve);
Sal a gosto;
1/2 xícara de folhas de mentruz rasteiro refogada rapidamente em azeite (ou sobras de mostarda refogada ou de couve);
3 ovos caipiras;
Pimenta-do-reino para finalizar;
Modo de preparo:

Se quiser Se for usar o bacon, pique finamente e coloque numa panela junto com o alho para fritar no azeite até dourar. Junte o caldo e deixe ferver. Adicione, então, a sêmola e mexa até engrossar. Junte sal, se o seu caldo não for salgado. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por meia hora. Junte as folhas previamente refogadas e quebre os ovos separados e deixe cozinhar por 2 minutos ou menos se quiser a gema bem mole. Sirva polvilhada com pimenta-do-reino.
Rende: 3 porções

3 comentários:

thiaguinho disse...

olá, gostaria de fazer uma observaçao...

O MENTRUZ ou MASTRUSSO, não tem nada a ver com a planta ERVA SANTA MARIA, pois a mesma é um vermífugo e nao serve para uso culinario, como a primeira citada.Pois a primeira citada tem gosto parecido com agrião e a famosa ERVA SANTA MARIA, dá em pés de 20 a 30cm de altura, com folhas mais largas e com um fortíssimo odor.
"FAVOR VERIFICAR O CONTEÚDO DOS SEUS ARQUIVOS".

POIS HÁ UMA GRANDE CONFUSAO, POIS NO NORTE E NORDESTE É CHAMADO MASTRUSS, JÁ NO RESTANTE DO PAÍS A MESMA É CONHECIDA POR ERVA SANTA MARIA.

thiaguinho disse...

olá, gostaria de fazer uma observaçao...

O MENTRUZ ou MASTRUSSO, não tem nada a ver com a planta ERVA SANTA MARIA, pois a mesma é um vermífugo e nao serve para uso culinario, como a primeira citada.Pois a primeira citada tem gosto parecido com agrião e a famosa ERVA SANTA MARIA, dá em pés de 20 a 30cm de altura, com folhas mais largas e com um fortíssimo odor.
"FAVOR VERIFICAR O CONTEÚDO DOS SEUS ARQUIVOS".

POIS HÁ UMA GRANDE CONFUSAO, POIS NO NORTE E NORDESTE É CHAMADO MASTRUSS, JÁ NO RESTANTE DO PAÍS A MESMA É CONHECIDA POR ERVA SANTA MARIA.

vida e natureza disse...

Olá Thiaguinho, agradeço suas informações, e sim voce está correto porquanto farei a correção no blog, as duas plantas são sim diferentes, mais uma vez agradeço sua colaboração, procuro sempre adicionar fotos das plantas para evitar confusões, nem sempre é o suficiente.
Espero vê-lo mais vezes....